sexta-feira, 7 de agosto de 2009

o maior comedor de cú do brasil.


Pitt Garcia
25 anos, atua no cinema pornográfico há cerca de seis anos. Segundo ele, a profissão não lhe ocorreu por acaso, pois desde criança sonhava ser ator pornô. “A verdade é que eu gosto de sexo”, diz.
Com tanta experiência no “assunto”, Pitt afirma que já até se acostumou a fazer sexo anal e, por isso, não é lá muito fã da prática. Contudo, ele explica a razão de ser uma tara masculina. “Os homens desejam porque elas não querem dar e tudo o que é proibido as pessoas procuram”.
Ao contrário do que suas colegas de profissão dizem, a penetração do pênis no ânus não precisa ser controlada por elas. “Se o cara souber fazer direitinho, ela vai querer fazer anal sempre”, afirma.
Pitt também discorda de que é essencial usar lubrificante. “Quando a mulher está muito a fim, nem precisa de lubrificante. Além disso, ela até consegue gozar”, diz.
O segredo para convencê-la a começar se aventurar neste tipo de sexo, de acordo com o ator, é colocar o pênis com jeitinho no ânus. “Tem de ser sempre devagar, porque senão ela não dará outra vez”, afirma. Pitt ensina a colocar só a cabecinha do pênis em uma primeira vez e repetir a tática em outras transas. “Vai chegar uma hora que ela pedirá para colocar tudo”, garante o ator.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário